Meu Perfil
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Parceria
Acompanhantes Brasilia Travestis

MegaTopsBrasil

Travestis RJ - Rio de Janeiro

HDVideosTravestis

TravestiComLocal

The Models

A Mais Bela Travesti

GPGBH

Votação

Conheci o TRANSGRESSÃO através de:

34% 34% [ 85 ]
43% 43% [ 105 ]
9% 9% [ 22 ]
10% 10% [ 25 ]
4% 4% [ 10 ]

Total dos votos : 247


Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Marcello.bsb em Dom Maio 25, 2014 7:01 pm

Olá pessoal, gostaria de compartilhar um texto que está guardado aqui na gaveta há algum tempo. Logo após ter tido uma experiência ruim andando por esse meio,  passei 2 noites em branco pensando sobre o assunto. Em uma dessas noites, comecei a escrever sobre o assunto. Acredito que não há nada de novidade aqui, mas sempre é bom compartilhar pensamentos e ideias. O texto ficou meio grande. Por isso, resolvi dividí-lo em 2 posts. Neste primeiro, falarei do lado ruim do meio e em um outro falarei do lado bom. Postarei o segundo ao longo da semana. Essas são apenas minhas reflexões e opiniões. Por favor compartilhem as suas.

Abraço,
Marcelo
........................................................

        Há alguns meses conheci uma pessoa especial, uma amiga. Eu aprendi a respeitá-la e admirá-la. Foi ela quem me levou a conhecer um pouco desse mundo do qual tanto ouvimos falar e que, de uma forma ou outra, todos aqui fazem parte.  Ainda estou conhecendo, mas já pude ver o lado bom e o ruim. O curioso é que essa amiga sempre me falou dos preconceitos e até violência que sofre por ser trans. Eu sempre ouvia e, como todos aqui, ficava puto com esse tipo de coisa. Mas viver isso na pele é algo completamente diferente e foi exatamente isso que aconteceu comigo nesse dia.  
         É um mundo à parte com personagens, lugares e até lingua própria. Existem milhares de travestis por ai. Contudo, vê-las no nosso dia-a-dia é muito raro. Penso que , por sofrerem preconceito, optem por viver uma vida reclusa - saindo apenas a noite e para lugares aonde se sintam mais confortáveis. Um desses lugares é o Bar Barulho, famoso reduto de gays e travestis de Brasília. Foi nesse local que tive a oportunidade de conhecer o lado horrível do meio. Mentiras, violência, vingança, ameaças são palavras recorrentes. Palavras tão recorrentes que chegam a ser banalizadas. Pessoas falam de morte, pessoas esfaqueadas como se estivessem falando “Hoje, comi pão no café da manhã” - a coisa mais normal do mundo. O mais impressionante nessa situação são os motivos que geram tamanha violência. Motivos fúteis, quase que imbecis: “Fulana de tal me afrontou. Vou pegar aquela rapariga”, “Como aquela piranha teve coragem de aparecer por aqui? Quem ela pensa que é?”. Houve um momento em que fui ameaçado por uma travesti, sem nenhum motivo aparente. Pelo visto, ela achou que, por eu não ter olhado diretamente em seus olhos, eu iria lhe bater. Chocado, mas não surpreso. É como me senti. Até porque eu já havia sido avisado pela minha amiga. Foi exatamente neste momento que comecei a questionar porque uma pessoa frequentaria um lugar como esses.
         Depois de refletir bastante cheguei a uma conclusão.  Refúgio. Refúgio contra uma sociedade hipócrita e egocêntrica. Excluídas, gays e travestis acabam se encontrando nesses locais. É vergonhoso este ser o ambiente, um verdadeiro ninho de cobras,  aonde estas pessoas se sintam em "casa". Sabem que ali não serão julgadas por terem escolhido viver quem realmente são. Se sentem bem pois estão entre pessoas "semelhantes". Semelhantes na identidade sexual, mas nunca na forma de ser ou pensar. Não se deixem levar pelas minhas palavras. Também há muitas pessoas boas por ali. Muitas  perguntas ficaram sem respostas.Essa violência é um produto desse submundo? Esta forma de agir é justificada pelo meio o qual estas pessoas fazem parte? É uma questão de sobrevivência ou apenas violência gratuita? Ainda não consigo entender.

Em breve a segunda parte....
avatar
Marcello.bsb
T-lover Graduado
T-lover Graduado

Mensagens : 55
Data de inscrição : 03/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Gatuso em Dom Maio 25, 2014 10:20 pm

Marcello.bsb,

Legal seu relato e sua preocupação.

Sem querer ser dono da verdade, vou te passar a opinião de quem já convive nesse meio a uns 15 anos e tem um pouco de experiência.

Não podemos nunca "GENERALIZAR", gente ruim e gente boa não é privilégio só das transex, isso existe em qualquer classe social.

Tudo é questão de saber separar o joio do trigo. Do mesmo jeito que existem bonecas maravilhosas, com fortes laços familiares, hiper educadas e lista branca, e que dão um banho na maioria das mulheres, tem aquelas que vão pras ruas com um facão na bolsa só pra assaltar clientes, e são exatamente estas que acabam virando notícia, e que sujam  o nome de toda uma classe, afinal de contas, as trans são a minoria das minorias não é mesmo (isso me foi dito por uma trans ativista e defensora dos direitos transgêneros).

Já disse em outro tópico: Se engana quem acha que vida de TRANS  é só dinheiro fácil, baladas, sexo e glamour. A realidade delas é bem diferente disso....

Preconceito dessa nossa sociedade hipócrita e machista, homofobia e travestifobia muitas vezes escancarada, roleta russa das ruas onde tudo pode acontecer, inúmeros e inúmeros obstáculos para arrumar uma colocação decente no mercado de trabalho, essa é só uma pontinha do iceberg que as nossas transex enfrentam no seu dia a dia...

Eu sempre digo, no bom sentido é lógico: tem que ser muito macho pra ser travesti e enfrentar o que elas enfrentam diariamente. Elas têm uma coragem sobrenatural...

Meu amigo, uma trans que hoje tem 23 anos já vem superando todo tipo de preconceito a no mínimo 15 anos, não é a toa que a grande maioria delas são tão maduras sendo tão novinhas, é a escola da vida...

Fora isso, os números da violência contra TRANS chega a ser assustador, a cada ano pelo menos umas 160 são violentamente assassinadas e se você for colocar esse número em cima de percentuais das transex existentes no país é muita coisa.

Conheço várias trans e posso te garantir uma coisa: essas que te assustaram e te fizeram refletir são a minoria, mas infelizmente e usando o nome do boteco onde isso aconteceu, é essa minoria que faz mais barulho...

avatar
Gatuso
Bonequeiro Silver
Bonequeiro Silver

Mensagens : 749
Data de inscrição : 24/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Marcello.bsb em Dom Maio 25, 2014 10:33 pm

Tudo muito bem colocado, Gatuso. Eu concordo plenamente com você. Como eu disse, eu conheci os dois lados. Sei que existem milhares que são ótimas pessoas. Meu objetivo não foi generalizar. Falo no texto disso tbm e falarei mais ainda no meu segunto texto sobre o assunto. O meu intuito aqui é apenas esse. Trocar ideias, oxigenar a grande massa cinzenta.

Valeu pela contribuição, Gatuso.

Abraço
avatar
Marcello.bsb
T-lover Graduado
T-lover Graduado

Mensagens : 55
Data de inscrição : 03/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Gatuso em Dom Maio 25, 2014 11:23 pm

Beleza Marcelo.bsb, parabéns pela criação do tópico. Uma das funções do fórum é exatamente esta troca de informações entre a gente. Seria bem legal se as nossas transex, que são a matéria prima do seu tópico, também deixassem aqui sua opinião...
avatar
Gatuso
Bonequeiro Silver
Bonequeiro Silver

Mensagens : 749
Data de inscrição : 24/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Dr. Armando Komeku em Seg Maio 26, 2014 12:28 am

Gostei do relato do parceiro Marcello.bsb por ter narrado, de forma fidedigna,  happ  suas impressões sobre o que viu... e lhe aterrorizou! Foi assustador mesmo, companheiro!  affraid 

Não tenho experiência acerca do Mundo GLBTS,  scratch  mas por conhecer esse “terrível” Bar Barulho,  Twisted Evil  NÃO considero que ele seja um parâmetro adequado para que sejam tiradas quaisquer conclusões sobre esse importante tema.  Wink 

Como o parceiro Marcello.bsb "pediu" nossas observações, informo que não consigo enquadrar nesse caso as bonecas  :moca:  com quem tive maior proximidade. Gostei tanto do comportamento delas,  aplause  que retornei (não apenas por ter gostado do sexo!... valores morais têm peso bem maior pra mim!)... e passei a admirá-las como seres humanos que merecem todo o meu respeito.  joelho 

O mestre Gatuso foi extremamente feliz na condução do seu raciocínio. Parabéns!  aplause 

E, por que não, também ao colega Marcello.bsb por ter criado esse tópico para debate?  aplause

_________________
Procurando sempre tratar as pessoas com respeito e consideração.
avatar
Dr. Armando Komeku
Moderador
Moderador

Mensagens : 4242
Data de inscrição : 21/02/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Luana Alice em Seg Maio 26, 2014 1:19 am

Não irei entrar nesse assunto porque tudo que tinha pra dizer, já foi dito. Mais quero ver logo a Parte 2, pra saber qual é o lado bom da homossexualidade, já que eu nunca vi vantagem nenhuma e nem lado bom nenhum em ser trans. A única coisa positiva disso tudo, é que eu sei o que se passa na cabeça de um homem e de uma mulher, e por saber como ambos pensam, tenho certa facilidade na na interação com os dois sexos.
avatar
Luana Alice
Boneca Charmosa

Mensagens : 41
Data de inscrição : 07/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Dr. Armando Komeku em Seg Maio 26, 2014 3:08 pm

Luana Alice escreveu:Não irei entrar nesse assunto porque tudo que tinha pra dizer, já foi dito. Mais quero ver logo a Parte 2, pra saber qual é o lado bom da homossexualidade, já que eu nunca vi vantagem nenhuma e nem lado bom nenhum em ser trans. A única coisa positiva disso tudo, é que eu sei o que se passa na cabeça de um homem e de uma mulher, e por saber como ambos pensam, tenho certa facilidade na na interação com os dois sexos.

Você sempre tem bons argumentos e sabe se expressar com clareza, gatinha Luana Alice!  aplause 

No entanto, enquanto aguardamos a 2ª parte da postagem do parceiro Marcello.bsb, lhe direi uma coisa...

Até nos momentos ruins ou difíceis que atravessamos na vida,  Embarassed  SEMPRE conseguimos “obter uma vantagem”, aparentemente invisível.

Com o sofrimento e as frustrações,  Sad  nos tornamos mais maduros, aprendemos com nossos erros, nos tornamos mais humildes e menos arrogantes... e evoluímos como ser humano!...  scratch 

Ninguém gosta que as coisas não deem certo (não somos masoquistas!), não comemoramos derrotas, mas quando “fracassamos” esse LADO BOM existe...  Wink 

E saber o que se passa na cabeça de um homem e de uma mulher, já é a primeira vantagem!!!  happ 

Penso desse jeito, mas não sou dono da verdade...  scratch

_________________
Procurando sempre tratar as pessoas com respeito e consideração.
avatar
Dr. Armando Komeku
Moderador
Moderador

Mensagens : 4242
Data de inscrição : 21/02/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  Dr. Armando Komeku em Seg Jun 02, 2014 12:04 pm

Será que o parceiro Marcello.bsb não irá postar a Parte 2: o lado bom das Reflexões sobre o mundo GLBTS?  scratch 

Está tudo mundo aguardando...  Wink

_________________
Procurando sempre tratar as pessoas com respeito e consideração.
avatar
Dr. Armando Komeku
Moderador
Moderador

Mensagens : 4242
Data de inscrição : 21/02/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexões sobre o mundo GLBTS - Parte 1: O lado ruim

Mensagem  barbarella em Seg Jun 02, 2014 3:15 pm

Doutor Armando Komeku escreveu:Será que o parceiro Marcello.bsb não irá postar a Parte 2: o lado bom das Reflexões sobre o mundo GLBTS?  scratch 

Está tudo mundo aguardando...  Wink

Pois é :/
avatar
barbarella
Boneca Charmosa

Mensagens : 204
Data de inscrição : 05/07/2013

http://cameraprive.com.br/barbarella

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum